Na hora de contratar um palestrante para um evento empresarial…

FAMA, CELEBRIDADE OU RESULTADOS RELEVANTES?
Em qual dessas coisas você está focando na hora de contratar um palestrante para o seu evento empresarial?
Talvez esse artigo provoque desconforto em muita gente, revolta em alguns e seja até mal interpretado por uma boa parte. Mas, quem puder dedicar alguns minutos para ler até o final, irá compreender o que quero dizer e a importância dessa reflexão para o futuro de nossas empresas e de nossos colaboradores.

FAMA, CELEBRIDADE OU RESULTADOS RELEVANTES?

Em qual dessas coisas você está focando na hora de contratar um palestrante para o seu evento empresarial?

Talvez esse artigo provoque desconforto em muita gente, revolta em alguns e seja até mal interpretado por uma boa parte. Mas, quem puder dedicar alguns minutos para ler até o final, irá compreender o que quero dizer e a importância dessa reflexão para o futuro de nossas empresas e de nossos colaboradores.

Quando você pensa em contratar um palestrante para seu evento, o que você considera mais importante? Que o palestrante seja famoso ou que tenha a capacidade de gerar resultados PARA A SUA EMPRESA?

O que é, de fato, mais importante? O que vai trazer mais retorno sobre esse investimento? O fato de o palestrante ter aparecido na televisão ou os fatos reais sobre os resultados que o trabalho dele proporciona para as empresas que ele atende?

E se você é de uma agência de marketing e eventos empresariais, também deveria pensar nisso: – O que vai trazer mais resultados concretos para o meu cliente (aquele que está pagando pelo evento)? – É a fama do palestrante ou os resultados efetivos que ele pode gerar?

Todo evento profissional e empresarial deveria ser um MARCO DE TRANSFORMAÇÃO e não apenas um MOMENTO DE DISTRAÇÃO ou interessante euforia. Deveria ser uma alavanca para mais resultados, tornando as pessoas mais competentes e confiantes em sua capacidade para aumentar o próprio desempenho no seu trabalho atual, dentro da empresa para a qual estão trabalhando. Realizarão muito sonhos através desse caminho, pois estarão contribuindo com os lucros da empresa, que então terá mais condições para valorizar seus profissionais e recompensá-los com carreiras mais excitantes e satisfatórias.

Além disso, a maioria absoluta das pessoas que hoje trabalham em empresas continuará evoluindo dentro de empresas, como funcionários nas empresas de outros ou como empreendedores, nas empresas delas mesmas. Seria ideal que aprendessem a encontrar motivação e a ter resultados na sua profissão e no ambiente empresarial, através de palestrantes com experiência comprovada nessa jornada de crescimento, dentro do mundo corporativo, que é feito de funcionários, de empreendedores e de empresas.

Tem muitas histórias legais e interessantes de atletas, alpinistas, velejadores, filósofos, celebridades e outros famosos. E cada uma delas pode ter o seu espaço, mas é muito importante considerarmos qual a mensagem final que estamos passando para um grupo de colaboradores de uma empresa: Que para ser feliz precisamos largar nosso emprego e viajar pelo mundo? Que isso sim é que é vida? Que essas celebridades são o máximo e eles – meros mortais funcionários – devem se contentar em sonhar com uma vida que não tem nada a ver com a deles? Que eles devem largar tudo e perseguir sonhos de infância ou adolescência? Que os únicos caminhos para a grandiosidade estão fora da carreira corporativa? Isso, por acaso, é verdade?

Será que isso é justo com a empresa? Afinal, é a empresa que está pagando pelo evento.

Será que agrega real valor para a empresa, que seus colaboradores se sintam mal em relação ao próprio trabalho e fiquem idolatrando ícones sociais fora da sua atual esfera de atuação? Afinal, eles, colaboradores, não são atletas olímpicos, nem celebridades, nem alpinistas ou velejadores. Esses colaboradores são pessoas que trabalham em empresas. E essas empresas esperam retorno sobre o investimento nesses eventos todos que realizam todos os anos. Essas empresas merecem o devido respeito e consideração. Ou melhor, essas PESSOAS – chamadas de colaboradores – merecem o devido respeito e consideração. Merecem saber que trabalhar em uma empresa ou ter um emprego em uma corporação é tão nobre, tão especial e tão importante quanto ser um filósofo, um apresentador, um velejador, alpinista, jogador de basquete ou de vôlei. Ser um colaborador, excelente no que faz, é tão importante quanto ser uma celebridade.

A sociedade necessita de organizações empresariais para funcionar. Os países mais ricos e prósperos do mundo levam isso muito a sério, incentivando e apoiando a formação e crescimento das empresas. Sem empresas, nem haveria patrocínio aos esportes ou às artes.

Por favor, compreendam o que estou dizendo corretamente. Sou a favor dos esportes e das artes. São caminhos maravilhosos de expressão humana, alimento ao espírito e inclusão social. E é claro que muito podemos aprender com esses exemplos. Eu mesmo sou esportista e artista. Sou praticante de artes marciais há 40 anos, sou compositor, cantor, toco bateria, violão e piano. Tenho até uma banda e tenho profundo respeito por todos os artistas e atletas desse nosso planeta, pois trabalham duro para realizar seus sonhos e alcançar grandes feitos.

Eu apenas não acredito que as pessoas que trabalham em empresas sejam menos importantes. Para mim, são igualmente importantes, são igualmente artistas e atletas no dia a dia da vida, fazendo a sua devida e honrosa parcela de esforço para alcançarem a Excelência em suas carreiras, em um ambiente altamente desafiador.

Meu nome é Fábio Marques. Comecei lá de baixo, fiz carreira de muito sucesso como funcionário dentro de empresas e sou palestrante e consultor internacional há mais de 20 anos, justamente nas áreas de Excelência Pessoal, Profissional e Empresarial. E meu principal compromisso é agregar real valor aos meus clientes, em grandes ou pequenos eventos, para milhares ou para pequenos grupos. Considero que meu trabalho tem valor real na medida em que realmente ajuda as pessoas a encontrarem caminhos mais eficazes e eficientes para atingirem os resultados que necessitam mais rapidamente, transformando-se em pessoas mais competentes, criativas e felizes. E isso pode acontecer em qualquer área de atuação, inclusive dentro das empresas.

Eu não sei se você já tinha ouvido falar de mim ou não. Eu não tenho presença constante na televisão, nem em jornais ou revistas. Sim, já tive minha contribuição em todas essas mídias e ainda faço isso de vez em quando, quando sou convidado. Mas eu nunca procurei por essas mídias. Todas as vezes em que eu tive uma aparição na TV, ou tive um artigo publicado em um jornal ou revista, foi porque fui convidado a fazer isso. Nunca paguei por nada disso.

Eu sei que tem muita gente que paga – e muito – para aparecer em programas de TV e em páginas de revistas, simplesmente para atrair clientes. E não tem nada de errado em querer atrair mais clientes.

A pergunta é: – Por que eu não faço isso?

E a resposta é: – Porque eu não preciso.

A questão seguinte então é: – Por que não?

Porque eu tenho um grupo muito especial de pessoas que divulgam meu trabalho espontaneamente para seus conhecidos, seus fornecedores, seus clientes e parceiros de negócios, divulgação tal que me garante agenda cheia o ano todo para fazer palestras, workshops de treinamento, projetos de consultoria e programas de coaching.

Esse grupo especial de pessoas são os MEUS CLIENTES.

E por que eles fazem isso espontaneamente?

Porque o meu trabalho dá resultados concretos e reais para eles. E eles então têm a confiança e a consciência tranquila de recomendar os meus serviços para todos à sua volta.

Bom, né? Não, isso não é bom. É EXCELENTE!

Em mais de duas décadas como consultor, coach e palestrante, mais de 95% dos meus negócios são gerados através das indicações de meus clientes. Ou seja, eu não preciso gastar com propaganda e publicidade para conseguir trabalho e realizar meus sonhos. Ao contribuir efetivamente para realizar os sonhos e objetivos dos meus clientes, eu automaticamente ganho o suficiente para realizar todos os meus sonhos e objetivos também.

Além de recomendarem o meu trabalho para seus conhecidos, meus clientes também me contrataram repetidas vezes, para fazer novas palestras, novos treinamentos, novos serviços, porque percebem que esses serviços geram resultados concretos e reais. Isso é um fato.

Fica aqui uma reflexão importante, para ser reforçada com muita intensidade:

Ao final de um evento empresarial, será que queremos que os colaboradores da empresa digam apenas que foi um “evento muito legal”, que “eles levaram um cara famoso pra falar”?

Provavelmente, seria muito mais proveitoso que os participantes saíssem do evento dizendo:

“- Foi um evento extraordinário, que apresentou muitas ideias e conceitos práticos, totalmente aplicáveis na minha vida pessoal e profissional imediatamente. Saio daqui muito mais feliz e confiante na minha capacidade de crescer na minha carreira e de atender bem aos meus clientes.”

Seria muito mais proveitoso, portanto, que os palestrantes de um evento fossem escolhidos pela sua capacidade de realmente gerar uma transformação positiva e gerar resultados concretos, ao conectarem com a realidade dos participantes e da empresa, aumentando a motivação e a capacidade das pessoas em alcançarem a Excelência no que fazem hoje e no que farão no futuro.

Vamos valorizar os filósofos, os artistas, os atletas, os velejadores e os empreendedores geniais. Os ricos e famosos, as celebridades e tudo mais.

Mas vamos valorizar também o homem e a mulher que chamam de “comum”, pois são seres humanos extraordinários também. Vamos valorizar aqueles que fazem carreira dentro das empresas. Pois todas as profissões são dignas e importantes, todo o trabalho honesto é motivo de orgulho e honra, inclusive aqueles feitos por bilhões de pessoas em todo o mundo, dentro das empresas, todos os dias. Vamos valorizar nossos funcionários, nossos colaboradores, nossos fornecedores, assistentes e sócios. Vamos valorizar todos os trabalhadores, do zelador ao CEO, pois todos são importantes para a sociedade.

E que a escolha de um consultor ou um palestrante para um evento empresarial leve tudo isso em consideração, para que seja um excelente investimento e não apenas mais uma linha de despesa.

Aproveito para lhe desejar Saúde e Sucesso, Sempre…

Fábio Marques
Consultor & Palestrante Internacional
Excelência Pessoal, Profissional e Empresarial
CEO, Fabio Marques Company
Presidente, Instituto de Excelência em Serviços do Brasil
President, International Excellence Society

http://www.fabiomarques.com.br
http://www.iesdobrasil.com.br

Como fazer o cliente feliz?

Byrd Baggett escreveu um pequeno livro para grandes resultados:

COMO FAZER UM CLIENTE FELIZ – 236 ideias para encantar seus clientes.

De tempos em tempos, vamos registrar aqui uma ideia dele, para que você possa ficar sempre ligado em coisas simples que podem fazer grande diferença nos seus resultados frente aos seus clientes.

Ideia 1:

“Faça o que disse que ia fazer, quando disse que ia fazer e como disse que ia fazer.”

Byrd Baggett

Byrd Baggett escreveu um pequeno livro para grandes resultados:

COMO FAZER UM CLIENTE FELIZ – 236 ideias para encantar seus clientes.

De tempos em tempos, vamos registrar aqui uma ideia dele, para que você possa ficar sempre ligado em coisas simples que podem fazer grande diferença nos seus resultados frente aos seus clientes.

Ideia 1:

“Faça o que disse que ia fazer, quando disse que ia fazer e como disse que ia fazer.”

Byrd Baggett

VENDA VALOR & FAÇA FORTUNA, COM GARANTIA TOTAL

O curso VENDA VALOR e FAÇA FORTUNA vai revelar os 29 segredos dos Melhores Vendedores do Mundo. Segredos que qualquer pessoa pode aprender e aumentar tremendamente seus resultados de vendas.

http://www.iesdobrasil.net.br/produtos_detalhes.php?p=16

Este é o link para fazer sua inscrição no curso VENDA VALOR & FAÇA FORTUNA, que vai revelar os 29 segredos dos Melhores Vendedores do Mundo. Segredos que qualquer pessoa pode aprender e aumentar tremendamente seus resultados de vendas.

Há mais de 20 anos que ensino técnicas de vendas e já ajudei milhares de pessoas a dobrarem e até triplicarem suas vendas. Você também pode conseguir. Funciona, mesmo em tempos de crise. Aliás, em momentos de crise, é quando você consegue melhores resultados, quando saber utilizar esses segredos, que a maioria das outras pessoas desconhece ou negligencia no dia a dia.

Vou lhe ensinar o passo a passo e você vai conseguir implementar essas técnicas na sua atividade comercial, seja você vendedor ou dono da empresa.

Acesse o link http://www.iesdobrasil.net.br/produtos_detalhes.php?p=16 e confira os itens de conteúdo abordados no treinamento, sem compromisso, apenas pra você ter uma ideia do potencial de transformação! Funciona!

Todas as semanas, eu recebo testemunhos de pessoas que mudaram dramaticamente – para melhor – seus resultados de vendas com meus métodos e estão hoje vivendo a vida que sonharam. Não acredita? Então experimente. E se não eu te convencer, ao final do treinamento, que VOCÊ PODE aumentar substancialmente suas vendas, VOCÊ TERÁ TODO O SEU DINHEIRO DEVOLVIDO, sem complicações. SIMPLES ASSIM.

Você vai investir 6 parcelas de R$ 316,67 em seu desenvolvimento profissional e vai valer cada centavo, pois seu retorno será de muitas vezes esse valor. Sou capaz de apostar com você que, ao final do treinamento, você vai sentir-se capaz de ter um retorno de 10 vezes esse valor, no mínimo. Imagine receber R$ 10 para cada R$ 1 investido. Parece bom? Claro que sim. E se você achar que não é capaz de obter esse retorno, eu devolvo o seu dinheiro ao final do treinamento. RISCO ZERO PARA VOCÊ.

Então, se você está diante de uma oportunidade para multiplicar por 10 o seu dinheiro – no mínimo – aprendendo técnicas de comprovada eficácia e com risco zero para você, existe algum fator racional que o impeça de investir em si mesmo e construir o futuro que deseja? É bem provável que NÃO.

Parece bom demais para ser verdade? Pois é verdade. E é bom demais! Duvida? Só tem um jeito de você descobrir. Participando do treinamento. É como apaixonar-se. Você só descobre o quanto é mágico quando se entrega ao amor! E, nesse caso do treinamento VENDA VALOR & FAÇA FORTUNA, o risco de não valer a pena é ZERO.

Você só tem a ganhar.

Acesse agora mesmo o link http://www.iesdobrasil.net.br/produtos_detalhes.php?p=16
e garanta a sua vaga, pois as turmas são VIP, com, no máximo, 20 pessoas.

Saúde e Sucesso, Sempre…

Fábio Marques

Quer aprender a conduzir um Treinamento de Sucesso?

A próxima turma do PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE INSTRUTORES DE TREINAMENTO já tem datas marcadas:

Dias 29, 30 e 31 de outubro próximo.

Se você gosta de ensinar e multiplicar conhecimentos que agregam real valor à vida das pessoas e que também contribuem para mais sucesso profissional e empresarial, vale a pena você conferir o conteúdo deste treinamento.

Acesse o link direto http://www.iesdobrasil.net.br/produtos_detalhes.php?p=1 e saiba todos os detalhes, valores, descontos possíveis, local, etc.

É um treinamento VIP, com apenas 10 vagas por turma. Portanto, se tem interesse, você precisa agir com rapidez e decisão.

GARANTA SUA VAGA HOJE ou divulgue para alguém que poderia se beneficiar desta oportunidade!

Um abraço, com meus votos de Saúde e Sucesso, sempre.

Fabio Marques

Venda Valor e Faça Fortuna!

Treinamento de Excelência em Vendas de Valor para Fazer Fortuna nos negócios.

Quem sabe Vender com verdadeiro Foco no Cliente, vende valor!

Quem Vende Valor é percebido como mais Valioso pelo cliente.

Quando os benefícios operacionais, emocionais e financeiros são percebidos pelo cliente, ele consegue ver a verdadeira relação custo benefício e o preço passa a ter menos importância. O que passa a importar mais é o saldo da negociação.

Quem sabe conduzir uma negociação ou um processo de venda, visando os ganhos que o cliente vai obter, com foco no saldo da negociação e nos benefícios a curto, médio e longo prazo, vende muito mais, com melhores margens e muito mais vezes para o mesmo cliente.

Esse é o segredo para fazer fortuna nos negócios:
VENDER VALOR de verdade!

Você sabe como fazer isso de forma ética, transparente e suave?

Você sabe como DOBRAR suas vendas em menos de um ano, de forma ética, transparente e suave?

Venha aprofundar seus conhecimentos e desenvolver suas habilidades de negociação de vendas de valor e seu estilo de vida vai mudar para melhor, muito melhor!

Saiba mais detalhes e depois acesse a Rede IES do Brasil para garantir sua vaga.

Um novo cliente, um novo desafio, uma grande oportunidade!

O consumidor atual tem sido chamado de Shopper e sua forma de comprar exigirá cada vez mais excelência nos serviços das empresas que quiserem sua fidelidade, garantindo lucratividade e prosperidade duradoura.

por Marco Flávio Dias da Silva*

Estamos em tempos diferentes onde nasce um novo perfil de consumidor, mais consciente e que busca a melhor relação custo/benefício. Este já é objeto de estudo nas faculdades e empresas que disputam a atenção e a fidelidade de seus clientes. Mais do que um preço justo, o novo consumidor valoriza a qualidade e atendimento prestado.

Diferente do consumidor comum, o “Shopper” , como já é chamado pelas empresas, é o cliente que pensa, analisa, pondera e decide a sua compra. Ele avalia e estuda criteriosamente o custo x benefício de todo o bem a ser adquirido, e sofre uma influência diferenciada no ponto de venda.

Este novo cliente valoriza o relacionamento com a empresa, leva em consideração a sua imagem perante o mercado e a sociedade, valoriza o contato, a exclusividade, pesquisa antes tudo sobre a empresa e compartilha todas as informações nas redes sociais. Conhece muito bem a concorrência e é capaz de fazer sua escolha de acordo com diferenciais já pré-estabelecidos por ele.

Recentemente vários consumidores das cidades de São Paulo, Porto Alegre, Rio de Janeiro e Recife de diferentes classes sociais, responderam uma grande pesquisa, de vários importantes fabricantes, onde foram apontados os principais atributos que as empresas devem respeitar. São eles: atendimento, qualidade dos produtos e serviços, preço, propaganda séria e comprometida, responsabilidade social e satisfação. Interessante que, um ano antes, a mesma pesquisa foi feita e a maior parte dos pesquisados escolheram o quesito preço como sendo o fator diferencial para uma empresa. Mas neste ano, foi diferente, qualidade de produtos, serviços e atendimento lideraram a pesquisa fazendo com que as empresas começassem a respeitar mais os consumidores e investir mais na qualidade de seus produtos, serviços e, principalmente, no atendimento.

Com o advento da internet, mídias sociais, maior facilidade de acesso à informação, o novo consumidor se tornou um verdadeiro pesquisador e conhecedor de qualquer produto, do seu fabricante, do concorrente, e vamos além, até conhecedor dos princípios da empresa e da sua imagem no mercado.

Com isso, amigos, veja como é importante a correta comunicação com este tipo de consumidor. Devemos ter uma comunicação específica, clara, objetiva, e que principalmente esteja em linha com que a empresa prega, ou seja, sua missão.

A pergunta é simples: você está preparado para este tipo de cliente? Você já garantiu que em sua loja tenha produtos expostos da forma correta nas gôndolas/prateleiras? Você avaliou a estratégia de preços que reflita os valores identificados pelo shopper? E a mais importante: você consegue dar o verdadeiro atendimento para este cliente?

Frente ao cenário em que vivemos, onde os produtos estão disponíveis em qualquer local, o shopper tem o poder de escolher onde buscar, e, neste caso, se a empresa quer atraí-lo, terá que avaliar todos os seus conceitos de marketing e colocar em prática o tão falado ganha-ganha.

E nem precisamos dizer que este é o consumidor que valoriza as empresas que focam em ações de responsabilidade social. Cada vez mais este cliente está preocupado se as empresas estão investindo em campanhas que priorizem o bem estar da sociedade, e que oferecem produtos ecologicamente corretos.

As empresas terão que trabalhar de forma diferente, sempre analisando a melhor opção em atendimento, serviço e visualização. Como poderão atraí-lo e ao mesmo tempo transformá-lo em buyer (comprador, de fato).

E a pergunta que fica no ar é: quando um consumidor se torna num shopper? A partir do momento em que entra em qualquer ambiente de compras e inicia a experiência de navegar pelo ponto de venda para encontrar os produtos desejados. Neste momento, o shopper passa a estar envolvido pelo ambiente de compras em que se encontra. E pode ter suas decisões influenciadas de modo até a comprar uma marca absolutamente diferente da que se propôs quando estava em sua casa ou ainda analisando o produto em frente à loja, podendo levar um ou mais produtos dos quais nem imaginava ter necessidade até aquele momento.

Para que isso aconteça, a Excelência em Serviços deve ser muito mais que uma promessa, deve ser uma realidade no ponto de venda. A abordagem, serviço e o atendimento diferenciado a este cliente são fundamentais. Sabemos que a excelência em serviços é um grande desafio para a maioria das empresas, mas sabemos também que é fundamental para o seu sucesso duradouro e prosperidade, bem como, é claro, para cultivar a satisfação e a verdadeira fidelidade do cliente.

Começar a pensar numa melhor abordagem junto a este novo cliente, desenvolver uma atitude mais positiva na equipe de trabalho e melhorar o comportamento, exercitar uma comunicação mais influente e construtiva, demonstrar um atendimento realmente personalizado e passar a entender o cliente por completo já são grandes passos para começarmos a aproveitar a grande oportunidade de melhoria e prosperidade que essa nova realidade nos apresenta, bem diante dos nossos olhos, todos os dias.

*Marco Flávio Dias da Silva
Consultor Executivo Associado ao Instituto de Excelência em Serviços do Brasil.