Excelência em Serviços é a Salvação!

Simplesmente não há nada mais importante no mundo atual dos negócios do que EXCELÊNCIA EM SERVIÇOS. Simples assim.

Planejamento não é mais importante, Marketing não é mais importante, Vendas não são mais importantes, Produção não é mais importante.

É claro que todas essas coisas são importantes, mas nenhuma delas é mais importante do que Excelência em Serviços. Por quê?

Porque seus clientes não querem saber do seu Planejamento Estratégico, não querem saber do seu Marketing, do seu processo de Vendas ou seus processos de Produção, se você não resolver os problemas deles, se não ajuda-los a ter mais sucesso.

No final das contas, o que faz a real diferença para eles é a eficácia, a eficiência e a generosidade dos serviços que eles recebem de nós. Ou seja, o que realmente importa é a Excelência em Serviços. E que ela esteja no comando de todas as outras coisas. Que o Planejamento seja orientado pela Excelência em Serviços. Que o Marketing seja para servir aos objetivos da Excelência em Serviços, que as Vendas aconteçam para mostrar o valor da Excelência em Serviços, que a produção possa honrar a ousadia da Excelência em Serviços, pois é a Excelência em Serviços que nasce, cresce e vive com total foco no cliente e com a sagrada obsessão de agregar real valor às nossas vidas!

Que haja Excelência em Serviços de Planejamento, Excelência em Serviços de Marketing, Excelência em Serviços de Vendas, Excelência em Serviços de Produção, Excelência em Serviços de RH, etc.

Viva a Excelência em Serviços e encontre a verdadeira riqueza e prosperidade, em qualquer tempo, em qualquer circunstância, em qualquer lugar.

Fábio Marques

Como fazer o cliente feliz?

Byrd Baggett escreveu um pequeno livro para grandes resultados:

COMO FAZER UM CLIENTE FELIZ – 236 ideias para encantar seus clientes.

De tempos em tempos, vamos registrar aqui uma ideia dele, para que você possa ficar sempre ligado em coisas simples que podem fazer grande diferença nos seus resultados frente aos seus clientes.

Ideia 1:

“Faça o que disse que ia fazer, quando disse que ia fazer e como disse que ia fazer.”

Byrd Baggett

Não importa mais se o cliente está certo!

“O cliente sempre está certo” ou “o cliente nunca está certo” não significam absolutamente nada em uma gestão estratégica da excelência em serviços.

O que realmente importa é se queremos e se podemos atender as necessidades do Cliente, quando ele precisa de produtos, serviços, orientações, suporte, ajuda, esclarecimentos ou até registrar uma reclamação, independentemente de estar coberto de razão ou não.

A sua estratégia deve considerar esses dois verbos: querer e poder!

Eles são os motores de uma empresa que age rapidamente para assegurar a satisfação e a lealdade de seus clientes.

Atender bem aos clientes também envolve educa-los de forma elegante e positiva, construindo relacionamentos lucrativos e duradouros, mesmo quando eles estão completamente errados!

Trecho do livro GUIA PRÁTICO DA EXCELÊNCIA EM SERVIÇOS – SAIBA MAIS CLICANDO AQUI

Guia da Excelência

Excelência em Serviços é pra você?

Mesmo para quem sabe das enormes recompensas possíveis, praticar a “Excelência em Serviços” é um grande desafio, que fica ainda maior com a falta de uma visão estratégica sobre o assunto.

É fundamental que as empresas comecem a conquistar e manter clientes através da Excelência em Serviços, ou não terão como sobreviver.

O produto, o preço, a propaganda, a distribuição, a capacidade produtiva e a tecnologia são fatores importantes na estratégia de qualquer empresa. Mas, são considerados pelos clientes como uma obrigação. Não são suficientes para conquistar a lealdade dos clientes e aumentar lucros.

Um estudo desenvolvido sobre a análise do comportamento dos clientes, mostra que, em 80% dos casos, o cliente deixa de comprar porque sentiu-se atendido com indiferença ou porque não teve sua reclamação atendida.

A verdade mais desconfortável é que muitos estudos e exemplos já provaram a importância estratégica de investir no “Fator Humano” para o êxito de qualquer empreendimento. Nenhuma novidade falarmos da Disney como exemplo de empresa que já faz isso há décadas. Novidade será deixar a cadeira do espectador e passar a atuar como agente transformador, produzindo casos exemplares de sucesso no nosso país, na nossa cidade, no nosso bairro. É hora de finalmente posicionarmos esse assunto como a locomotiva das nossas empresas, deixando as desculpas de lado.

A semente da Excelência em Serviços está nas pessoas. A concorrência pode copiar seus preços, seus produtos, sua propaganda, sua tecnologia e até suas ideias. Mas a concorrência não pode fazer cópias ou clones das PESSOAS, que são pilares de uma estratégia eficaz de EXCELÊNCIA EM SERVIÇOS. No fim das contas, os recursos humanos são o único elemento exclusivo de competitividade que uma empresa tem. E é preciso haver investimento no treinamento e no desenvolvimento dessas pessoas, para criar um diferencial forte o suficiente para atrair e fidelizar clientes, de verdade.

As recompensas são enormes para quem investe na Estratégica da Excelência em Serviços: velocidade, produtividade, qualidade, clima e rentabilidade organizacional, além de taxas extraordinárias de crescimento. Mas, nada disso será realidade para a uma empresa até que seus líderes e administradores decidam conferir à Excelência em Serviços a importância estratégica que ela tem. Você se habilita?